Posts Marcados desalojo

Justiça determina despejo de 300 famílias em Brasiléia (AC)

Por ac24horas Pelo menos 300 famílias que ocupavam uma área localizada na parte alta de Brasiléia deverão deixar o local. A decisão é do juiz Gustavo Sirena que determinou a desocupação no prazo de 30 dias, a contar do dia da notificação. Os ocupantes seriam pessoas que tiveram suas residências destruídas pela enchente ocorrida em […]

,

Deixe um comentário

Vigília de apoio à ocupação Zumbi dos Palmares (RJ)

Por MTST Convidamos tod@s aliad@s que acreditam no direito à moradia digna e na luta do povo para comparecer à vigília de apoio à ocupação Zumbi dos Palmares em São Gonçalo. A PM anunciou de maneira covarde e sedenta por sangue um despejo violento. Precisamos da ajuda de tod@s nesse delicado momento. RUA CÉLIO PENA […]

, , , ,

Deixe um comentário

[Vídeo] Mais imagens da covarde ação da PM em reintegração de posse no Centro de SP

Vídeo do Jornal Nova Democracia sobre o despejo dos moradores do Hotel Aquarius.

, , , ,

Deixe um comentário

“Os móveis vão para o depósito e as pessoas, para a rua” (SP)

Por El País São Paulo possui atualmente cerca de cem prédios ou terrenos ocupados em São Paulo, de acordo com estimativas da Secretaria Municipal de Habitação. Metade deles na região central e a maioria pertencente a proprietários privados. É essa a situação do antigo Hotel Aquárius, na avenida São João, um edifício de 21 andares […]

, , , ,

Deixe um comentário

“Colocaram a gente no chão, como se fôssemos bandidos” (SP)

Por El País Cerca de 200 famílias foram desalojadas hoje do antigo Hotel Aquarius, no centro de São Paulo. Muitas crianças, desempregados, trabalhadores que não chegam a ganhar 800 reais por mês compartilhavam os 168 apartamentos distribuídos em 21 andares do edifício abandonado. Estavam ali havia seis meses, segundo o movimento Frente de Luta pela […]

, , , ,

Deixe um comentário

Famílias são despejadas com violência jurídica e policial (SP)

Por FLM Mais de 200 famílias foram desalojadas de um imóvel da Av. S.João, 601. O prédio possui 233 kitinetes, foi construído há mais de 15 anos e nunca foi utilizado. Está abandonado sem função social. É uma propriedade que viola os preceitos elementares do bom direito,  não obedece os fundamentos do direito de propriedade. […]

,

Deixe um comentário

Nota da Coordenação Nacional do MTST em apoio às famílias da Telerj e contra o prefeito Eduardo Paes, do Rio de Janeiro

No dia 30 de março, cerca de 5 mil famílias ocuparam um complexo de galpões e terrenos abandonados há mais de vinte anos, atualmente propriedade da empresa Oi na região do Engenho Novo, zona norte do Rio de Janeiro. Famílias de diversas comunidades no Rio de Janeiro (Benfica, Arará, Jacaré, Manguinhos, Mandela, Favela do Rato, […]

, , , ,

Deixe um comentário