(Fotos) As Crianças Guerreiras em: A lenda da serpente de pedra (RJ)

Foi no passeio de fim de ano das crianças da Quilombo das Guerreiras que a gente descobriu a lenda da serpente de pedra.

serpenteSerpente de olhar nublado que vive escondida atrás da nossa casa mas que a gente nem se dá conta – a não ser quando ouve os barulhos que ela faz de noite e de dia. Mas, misturados com o som dos carros, dos caminhões e das escavadeiras lá fora, a gente nem se incomoda.

Só que num fim de semana abafado ela apareceu tomando banho de lago na Quinta da Boa Vista. E aí a gente viu ela enorme, de boca aberta e cara dura. E então foi preciso curiosidade e coragem para chegar perto e tocar nela, medindo a sua verdade.

Foto0353Acontece que tem essa lenda, que pode não ser verdade, mas também pode ser que seja, que diz que quem toca na cobra de pedra vira sereia à meia-noite. O que seria muito fácil de provar se é ou não é, se não fosse o fato de as crianças geralmente estarem dormindo a essa hora, principalmente depois de um dia de corre-corre, pedalinhos e pedaladas equilibradas. Então, meio esbaforida, a gente percebe que tem medo daquela serpente que tava lá mas a gente nem sabia.

O segredo da serpente é saber guardar esse segredo que deixa a gente com receio de virar sereia. Sereia respira fora d’água? Mas a gente vai virar sereia ou sereio? Cauda de peixe, corpo de gente e trança de alga? O medo vem da gente ter se metido numa história que a gente não queria, que a gente nem sabia. Mas essa sereia que a cobra criou na gente pode ser boa ou ruim.

Foto0354Ela pode acabar com a gente pelo medo que faz com que a gente não consiga se mexer com a cauda fora da água. Mas ela também dá à gente o poder da beleza da voz. Quando uma pessoa vira sereia, ela ganha uma voz incrível, que soa alto e forte, tanto que o mundo todo pode ouvir, e ouvindo, é tão poderosa que enfeitiça a todos para cantarem junto e alto. E dizem que quando uma sereia canta, é uma questão de segundos pra que os cantos de todos se unam e paralisem a serpente, que volta a ser pedra de areia.

Quem tem a coragem de se aproximar da serpente e tocar nela, só pode vencer o seu feitiço se souber desse segredo: se souber vencer o medo que para a gente, e conseguir soltar a voz no canto hipnótico da vitória. É difícil descobrir esse segredo, porque a serpente é boa em esconder. Tão boa que se esconde em forma de gringo, de prefeito, de torre gigante, de estádio de futebol. Ela se esconde em forma de galpão abandonado, de barraco improvisado,  de festa, de euforia. É essa a esperteza da cobra que tem veneno amargo de poder.

papanguMas quem teve a coragem de conhecer a cobra, conhece a coragem necessária para derrotar ela. Quem conhece essa cobra se levanta quando ainda está escuro, espanta o sono pra fora, olha firme no olho da serpente. Abre os belos lábios de sereia, olhando bem nos olhos da serpente e, com coragem, solta a voz. E aí, um a um, as irmãs e os irmãos que estão dormindo também acordam, acordam também os vizinhos e toda a cidade acorda, cantando contra a serpente.

E de repente, a serpente se vê cobra pequena, e logo minhoca, e logo minguada, e dissolve na água, e agora é só o nosso canto que ecoa no ar, e esse canto todo o mundo escuta, porque todo mundo canta, cortando a madrugada.

E aí, quando o dia amanhece e a gente, de cansaço, nem se lembra direito se virou ou não sereia, quando vê a irmã, o irmão, a mãe se levantarem e dizer um pro outro, “Bom dia”, a gente sente aquele cheirinho estranho saindo de dentro. Hálito de peixe. Cheiro esquisito de se sentir, mas que é o cheiro que diz que vai ser bom dia – este que amanheceu hoje e os outros que vêm por aí…

Anúncios

, , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: