Em Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Belo Horizonte o povo das Ocupações Rosa Leão, Esperança e Vitória demonstraram que estão organizados e determinados a não aceitar serem despejados (MG)

(Divulgação | Original no blog da Ocupação Eliana Silva)

Em Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Belo Horizonte o povo das Ocupações Rosa Leão, Esperança e Vitória demonstraram que estão organizados e determinados a não aceitar serem despejados.

Em Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Belo Horizonte o povo das Ocupações Rosa Leão, Esperança e Vitória demonstraram que estão organizados e determinados a não aceitar serem despejados.

Dia 17/10/2013, aconteceu na Câmara de Vereadores de Belo Horizonte, MG, uma Audiência Pública na Comissão de Direitos Humanos e Direito do Consumidor para tratar dos direitos e reivindicações do povo das ocupações Rosa Leão (1.500 famílias), Esperança (2.000 famílias) e Vitória (4.500 famílias), cerca de 8.000 famílias, que nos últimos meses ocuparam na Granja Werneck na região do Isidoro uma grande área que estava abandonada há muitas décadas.

A Audiência foi presidida pelos vereadores Adriano Ventura e Pedro Patrus, ambos do PT. Adriano Ventura fez uma veemente defesa das Ocupações e criticou fortemente a atuação do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda. Charlene, da coordenação da Ocupação Rosa Leão, Edna, da coordenação da  Ocupação Esperança, e Elielma, da coordenação da Ocupação Vitória, fizeram defesa firme da causa das três ocupações. O advogado Joviano Mayer defendeu com firmeza a justeza da luta do povo das Ocupações e criticou ardorosamente o prefeito de Belo Horizonte. Frei Gilvander denunciou a postura insensível, arrogante e caluniosa com que o prefeito Márcio Lacerda vem tentando desqualificar a luta justa e necessária das milhares de famílias empobrecidas que se cansaram de sobreviver sob a cruz do aluguel, que é veneno que come no prato dos pobres, e não toleram mais a humilhação que é sobreviver de favor, sem liberdade e sendo peso nas costas de parentes. E também não vão mais esperar pacientemente por promessas dos administradores públicos que só enrolam. A Dra. Cleide Nepomuceno, defensora pública de MG, também defendeu com competência jurídica os direitos humanos do povo que luta de forma organizada nas ocupações. Apoiadores, jovens e muitas pessoas das três ocupações, na fila do povo, cobraram com altivez o direito de morar com dignidade. Enfim, das 9 às 14 horas, o Plenário da Câmara de Vereadores de Belo Horizonte foi testemunha de um banho de povo. O povo das Ocupações Rosa Leão, Esperança e Vitória deixaram claro que não vão aceitar ser despejados e vão seguir lutando aguerridamente até depois da conquista da moradia própria. A Audiência foi gravada em vídeo quase na íntegra por frei Gilvander que disponibilizará em breve no youtube e nos blogs das Ocupações Rosa Leão, Esperança e Vitória, em 11 partes, os pronunciamentos feitos durante a Audiência.

Ah! Foram aprovados sete requerimentos exigindo abertura de negociação e tentando encaminhar várias reivindicações feitas durante a Audiência.

Parabéns às centenas de pessoas que participaram, os das três ocupações e os apoiadores. Pátria Livre! Venceremos!

Belo Horizonte, MG, Brasil, 17 de outubro de 2013

Obs.: Confira AQUI fotos da Audiência Pública na Câmara dos Vereadores de BH.

 

Anúncios

, , , , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: