Ato em Brasília tem espancamento, prisões absurdas e uma criança ferida (DF)

Por MTST

Exigimos o fim das perseguições e retratação do poder público!

Durante o ato de hoje, 06 de setembro, em Brasília, uma série de acontecimentos mostraram como o governo trata os trabalhadores que lutam no país.

Durante a mobilização do Grito dos Excluídos, com a participação de mais de 800 famílias do MTST no DF e 4 rodovias paralisadas, presenciamos uma sucessão de absurdos contra os manifestantes.

Listaremos algumas, sabendo que serão muito menos da quantidade de atrocidades que ocorreram:

1) mais de 20 pessoas ficaram feridas, cinco permanecem internadas;

2) uma mulher grávida perdeu o bebê devido a agressão de um policial;

3) dois militantes foram duramente espancado e estão sendo acusados de formação de quadrilhas;

4) uma criança de colo permanece internada em estado grave, também devido a agressão policial;

5) há vários integrantes do movimento detidos;

6) há uma dura perseguição e criminalização de todos que participaram do ato e não foram espancados ao ponto de terem sido internados ou presos.

Estaremos em ato a tarde em São Paulo com a ocupação Faixa de Gaza, no Paraisópolis, ocupando a Marginal Pinheiros.

Exigimos:

1) a soltura dos presos;

2) o fim imediato das perseguições;

3) retratação pública e indenização para as famílias agredidas e criminalizadas.

Caso não sejamos atendidos, não teremos outra alternativa senão paralisar a maior quantidade possível de rodovias federais, até que a situação se resolva imediatamente.

NÃO DESISTIREMOS!

MTST! A LUTA É PRA VALER!

REVOLUCIONÁRIOS DO BRASIL! FOGO NO PAVIO!

Anúncios

, , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: