Ocupações e reintegrações de posse no Grajaú

REDE EXTREMO SUL

A luta por moradia não é por migalhas nem promessas!

Nessa semana diversas ocupações do Grajaú completam um mês de resistência e muita luta, com exceção da ocupação do imenso recanto da vitóriaterreno no Moraes Prado – a primeira da região – que já ultrapassa os dois meses de existência. Mas na semana que passou começaram também as reintegrações de posse por parte da Prefeitura, que na última sexta-feira derrubou os barracos no terreno que pertence à Secretaria de Habitação, localizado no Jd. Itajaí, onde há mais de dez anos se fala da construção de moradias populares e de um tal parque linear.

 As declarações e as ações do chamado “poder público” têm criminalizado de diversas maneiras o movimento que nasceu de modo espontâneo, dizendo que os ocupantes estão sendo “oportunistas”, pois querem “furar a fila” do cadastro social. Ao contrário desses picaretas, todos nós sabemos que ESSE CADASTRO É UMA FARSA…

Ver o post original 170 mais palavras

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: