O resgate da bandeira do MTST (SP)

(Divulgação / Original por MTST)

Por José Afonso da Silva

Ontem, “Dia Nacional de Greves, Paralisações e Manifestações” chamado pelas centrais sindicais e movimentos populares de todo país, teve seu fechamento de forma magistral.

Mais de duas mil pessoas das ocupações organizados pelo MTST saíram em marcha da ocupação Novo Pinheirinho de Embu das Artes até o eixo sul do Rodoanel, no entroncamento da BR 116.

Durante o percurso a marcha do MTST ganhou força com a adesão de manifestantes de Taboão da Serra do movimento “Vem pra Rua Taboão” e do MPL de Embu das Artes.

Para fechar o dia 11/06 com chave de ouro, as duas pistas da BR 116 foram bloqueadas por mais de duas horas. Os pneus em chamas tinham o simples objetivo de zelar pela segurança de todos que estavam ali, já que por muitas vezes carros costumam avançar contra os manifestantes.

O ato seria perfeito, se não fosse pela ação irresponsável da Polícia Rodoviária Estadual que tirou a faixa do MTST que estava pendurada em uma das pontes do Rodoanel e ainda espancou os militantes que pacificamente a seguravam.

Os companheiros (as), em pouco número neste momento, se viram obrigados a se evadirem sob chutes e cassetes para não serem presos. Logo após esse incidente foram disparadas cerca de 10 bombas de efeito moral e alguns companheiros (as) foram atingidos por balas de borracha. Esses mesmo policiais ficaram com o bandeirão do MTST.

Mas como esse povo não costuma se amedrontar com pouca coisa, o travamento continuou e além das exigências que constam na pauta de reivindicações do movimento, foi exigido a devolução imediata do bandeirão como condição para que a Rodovia fosse liberada.

Após 30 minutos de espera, enfim, foi devolvido o bandeirão do MTST que foi recebido pela multidão aos gritos de “ aha uhu, o bandeirão é nosso!”.

Antes de terminar o travamento do Rodoanel , o bandeirão foi estendido em um dos viadutos do Rodoanel (foto acima), e os manifestantes vibraram entoando o grito de guerra do movimento: “MTST, a luta é pra valer!, Criar, Criar, poder poular”. E assim o Dia Nacional de lutas foi encerrado com chave de ouro.

Parabéns a todos aqueles que no dia 11 de julho fizeram greves e participaram das inúmeras manifestações que ocorreram em todo país. A imprensa e os governos tentaram desqualificar esse dia, mas sabemos que quanto mais eles falam mal, só demonstra o quanto têm medo da luta do povo.

Anúncios

, , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: