Governo do DF recua e fecha acordo com as famílias do Novo Pinheirinho (DF)

Fonte: MTST

Após meses de postura inflexível, GDF atende parcialmente as reivindicações do Movimento, criando condições para uma saída pacífica em Taguatinga.

558034_518861741485495_429335835_n

Em reunião durante todo a última quarta-feira com Secretários do Governo do Distrito Federal e representantes da Secretaria Geral da Presidência da República, o MTST firmou um acordo para atendimento das famílias da Ocupação Novo Pinheirinho/DF.

Os termos do acordo, aprovado em assembléia da Ocupação, foram os seguintes:

1 – Cadastramento do MTST como entidade apta a operar projetos e cadastro de famílias no Programa habitacional Morar Bem, do GDF – que acaba de ser realizado.

2 – Auxilio-aluguel emergencial de três meses para as famílias que ocupam a área.

3 – Encaminhamento no prazo máximo de 10 dias de projeto de lei pra Câmara Legislativa do Distrito Federal normatizando a lei do auxílio-aluguel e estendendo seu prazo.

4 – Garantia de que o movimento não precisará deixar o prédio ocupado em Taguatinga até que esse projeto de lei seja devidamente encaminhado à CL-DF.

O GDF se comprometeu ainda a investigar denúncias de abuso policial cometidas contra o movimento.

O acordo não apresenta solução definitiva para o problema da famílias que é a construção de moradias pelas quais lutamos. Sabemos que as medidas são insuficientes, mas representam sem dúvida uma vitória, que só foi conquistada porque ousamos, nesses 47 dias de ocupação, enfrentar o poder do Estado.

Sem a luta organizada, estas famílias estariam hoje em situação de rua, após serem despejadas. Sabemos, por experiência própria, que o GDF já descumpriu acordos feitos anteriormente com os trabalhadores sem-teto. Por isso, fizemos questão de registrar o acordo em documento assinado por representantes do Governo e estaremos vigilantes quanto ao cumprimento das pautas e prontos para novas lutas, caso necessário.

Seguiremos organizados, lutando por conquistas definitivas e para que mais e mais famílias tenham seu direito à moradia garantido no DF, porque quando morar é um privilégio, ocupar é um direito.

MTST, A LUTA É PRA VALER!

Anúncios

, , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: