Despejo violento e perseguição da PM contra 300 famílias em Messias-AL

(Divulgação | Recebido via email)

Hoje, dia 18 de fevereiro, ocorreu mais um ataque a trabalhadores pobres por parte da elite e do Estado. Trezentas famílias do Movimento Popular Terra Livre foram violentamente despejadas.

Milhares de policiais fortemente armados com helicóptero e viaturas despejaram as famílias de um terreno da Prefeitura de Messias, Alagoas, na BR-101. Para isso, usaram de espancamentos, prisões (inclusive, da principal liderança da ocupação), tiros de madrugada como terror psicológico, tratores, impedimento da cobertura da imprensa e, o pior, obrigaram a todos se dispersarem sem falar um com o outro. Ou seja, impediram os direitos básicos de qualquer cidadão, o de ir e vir e o de falar com seus vizinhos, amigos e companheiros de luta. Fizeram isso porque sabiam da força dessa gente, que se organizaria e continuaria até o fim pressionando por seus direitos.

Há 5 anos, as 300 famílias ocuparam o terreno baldio, sem uso algum. Tinham construído uma comunidade com moradias e vidas felizes, a ocupação Che Guevara. A Prefeitura nunca nos recebeu para dialogar, mostrando que não tem ouvidos para pobres, apenas para os seus amigos ricos, que lucram em cima de áreas que são públicas. Eles dizem que ali será um pólo industrial.

A Prefeitura hoje nos despejou violentamente e deixou 300 famílias na rua, sem nenhuma alternativa. Durante o despejo, foi feito um acordo para as famílias acamparem na margem da BR, mas a PM covardemente descumpriu o acordo e impediu qualquer reunião.

O PSDB de Jarbinhas, o prefeito sanguinário, está decadente porque o povo vê que esta elite atrasada só tem o cacete como forma de lidar com os trabalhadores. Jarbinhas aprendeu na escola do massacre do Pinheirinho, em São José dos Campos, onde a PM matou e estuprou para despejar milhares de famílias? Aprendeu com seus colegas paulistas o genocídio diário do povo pobre nas periferias?

O massacre da PM e a perseguição da Prefeitura na cidade de Messias fizeram com que o movimento se dispersasse. Mas a história mostra, quando essa gente voltar a se encontrar e se organizar, será com muito mais gana, com mais revolta, com mais vontade de conquistar o seu teto. E agora eles têm certeza, a Justiça, o Estado e a Polícia servem apenas para o interesse dos ricos, contra os direitos básicos do pobre.

“Podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera.”

Contato: (82) 9178-6534

TERRA LIVRE
movimento popular do campo e da cidade
www.terralivre.org | secretaria@terralivre.org
Facebook: Terra Livre

Anúncios

, , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: