(Vídeo) Sarau reúne lutadores na ocupação de Taguatinga (DF)

(Divulgação | Original por MTST)

Dia 12 de janeiro aconteceu um sarau em apoio aos moradores do Novo Pinheirinho Vive.

Em 5 de janeiro de 2013, famílias trabalhadoras do Distrito Federal ocuparam o esqueleto gigante abandonado em frente ao Pistão Sul em Taguatinga-DF. Um terreno que tem vários processos de desapropriação e um prédio que só não foi implodido em 2007 por influência do dinheiro da família Jarjour junto aos corruptos do governo do Distrito Federal.

O lugar fica ao lado de onde se constroem vários prédios de luxo, alguns já prontos e vazios, onde até poucos anos atrás não havia nada. A bolha imobiliária transformou aqueles arredores em um dos maiores canteiros de obra do Brasil. Apenas para alta renda.

Para trabalhadoras e trabalhadores de menor renda, nada é construído e a especulação faz os aluguéis subirem mesmo nos lugares mais distantes, onde não há trabalho nem serviços públicos.

Segundo o Censo de 2010, mais de 6 milhões de imóveis estão desocupados em todo país por opção dos donos, sem contar as casas de veraneio e de uso ocasional. No DF, mais da metade das casas e apartamentos do Plano Piloto estão vazios.

Participe da Resistência!

O nome desta ocupação vem da mobilização que este mesmo grupo fez em 2012, Novo Pinheirinho, na Ceilândia, por sua vez, homenageando moradoras e moradores do Pinheirinho, em São José dos Campos-SP, expulsos numa ação policial violenta, cruel e vergonhosa.

ASSISTA AO VIDEO DO SARAU

Anúncios

, , , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: