Sem teto ameaçados de despejo exigem assistência da prefeitura de São Paulo

Fonte:  Rede Brasil Atual

São Paulo – Cerca de 100 pessoas organizadas pela Federação Pró-Moradia do Brasil realizaram na tarde de hoje (14) protesto em frente à sede da prefeitura de São Paulo exigindo que o governo municipal dê assistência aos ocupantes do prédio do Othon Palace Hotel, no centro da capital. A reintegração de posse do imóvel está marcada para o próximo dia 29.

Depois de muito barulho, os manifestantes foram recebidos pelo assessor da Secretaria de Relações Governamentais, Francisco Djair Galvão, que se comprometeu a agendar uma reunião para discutir o caso com o secretário João Antonio da Silva.

O presidente da federação, Edson Gomes, disse que o movimento quer atenção da prefeitura para as famílias que vivem na ocupação desde outubro do ano passado. “Que o governo municipal dê assistência a estas pessoas, as encaminhando para outro local ou concedendo auxílio aluguel”, disse.

Além desta, a federação mantém outras cinco ocupações: duas na avenida Duque de Caxias, uma na rua São Francisco, uma na rua Conselheiro Crispiniano, todas no centro, e outra na Vila Mariana. Em assembleia no saguão do Othon Palace Hotel, Gomes disse que o movimento tem conhecimento de terrenos que podem ser utilizados para construção de moradias, um deles em São Matheus, na zona leste. Na reunião prometida, a federação pretende discutir a compra por parte da prefeitura destes terrenos para destinação à moradia popular.

Anúncios

, , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: