Vitória Parcial: Prefeitura desapropria terrenos para a Comunidade Raio de Luz (SP)

(Divulgação | Original por Terra Livre)

As cerca de mil famílias da Comunidade Raio de Luz em luta contra o despejo comemoraram a medida da Prefeitura de Osasco. Mas a luta continua!

Assembleia do Terra Livre na Comunidade Raio de Luz em Osasco/SPCerca de 500 pessoas participaram da assembléia do Terra Livre na comunidade Raio de Luz em Osasco. O objetivo da assembléia, ocorrida neste domingo (02/12/12) era informar às famílias o resultado de mais uma reunião de negociação entre o movimento, a Secretaria Municipal de Habitação de Osasco, a Secretaria Estadual de Habitação e o advogado da empresa Vega, proprietária do terreno.

Histórico

Desde 2005 cerca de mil famílias ocupam um terreno da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.), uma companhia do Governo do Estado de São Paulo. Em 2011 a Dersa vendeu a área para a empresa Vega com as famílias dentro. A empresa, nova proprietária do terreno, entrou com o pedido de reintegração de posse. Há cerca de seis meses as famílias do Raio de Luz aderiram ao movimento popular Terra Livre para resistir e lutar por moradia.

Neste período foram inúmeras ações: panfletagens, reuniões, assembleias, marchas, atos e até mesmo o travamento do Rodoanel, ação que deu a maior repercussão para a luta das famílias. A liminar de reintegração de posse já foi expedida e as negociações entre movimento e prefeitura são neste momento decisivas para a manutenção da moradia das famílias.

Desapropriações

Assembleia do Terra Livre na Comunidade Raio de Luz em Osasco/SPFoi feito o relato na Assembléia sobre a reunião na qual a Secretaria Municipal de Habitação de Osasco informou que realizou a desapropriação de nove terrenos, nos quais cabem cerca de 1200 famílias. A iniciativa contempla a expectativa dos moradores que só aceitam sair para outra moradia. A localização dos terrenos é próxima da comunidade, o que faz com que as famílias não percam seus vínculos e não prejudique quem trabalha e estuda na região.

Essa informação foi muito comemorada pelos moradores que estavam presentes. Ainda que seja um vitória parcial, já que as casas ainda não foram construídas e ainda exista uma liminar de reintegração de posse, demos mais um passo rumo à vitória.

Anúncios

, , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: