São Paulo registra cinco incêndios em favelas em apenas duas semanas (SP)

(Divulgação | Original em Brasil de Fato)

Os últimos ocorreram nesta segunda-feira (03) na zona sul paulistana; só este ano já foram 32 incêndios em favelas deixando milhares de pessoas desabrigadas

Mais de mil pessoas ficaram desabrigadas depois do último incêndio desta segunda-feira (03) na favela do Morro do Piolho, na região do Campo Belo, na Zona Sul de São Paulo. O local está na lista de áreas que devem passar por um processo de desapropriações para a construção de um Parque Linear margeando toda a av. Águas Espraiadas. Outro incêndio foi também registrado, por volta das 14h30 desta segunda-feira, na altura do número 456, na Vila Mariana, zona sul.

Nas duas últimas semanas, outros incêndios foram registrados em São Paulo. Ao menos 55 barracos de uma favela de São Miguel Paulista, na zona leste, foram destruídos pelas chamas na terça-feira (28). Na quinta-feira (23), outra comunidade, na região da Vila Prudente, também na zona leste, pegou fogo, destruindo 150 moradias . Na Brasilândia, zona norte, um incêndio atingiu uma favela na rua Ponte Branca, deixando inúmeras pessoas desalojadas.

A Prefeitura paulistana, na administração de José Serra (PSDB) em 2005, desativou o Programa de Segurança Contra Incêndio, implantado durante a gestão da prefeita Marta Suplicy e que tinha como propósito justamente desenvolver ações de prevenção e orientação especificamente em favelas. Seu sucessor na prefeitura, Gilberto Kassab (PSD), teve a chance de reativar o programa depois que um projeto de lei foi aprovado pela Câmara Municipal em 2009 – o que não ocorreu.

Nos últimos cinco anos, o Corpo de Bombeiros contabilizou 530 incêndios em favelas. O tema chamou tanto a atenção que a Câmara Municipal abriu uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a possibilidade de se tratar de uma atuação criminosa. Dominada pela base do prefeito Gilberto Kassab (PSD), porém, a CPI não realizou qualquer investigação até agora.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, 32 casos de incêndios foram contabilizados este ano em São Paulo, sendo que em 2011 foram 79; em 2010, 91 e em 2009, 122.

Anúncios

, , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: