(Urgente!) Famílias da Ocupação Ipiranga vão para rua amanhã (28/08) (SP)

(Divulgação | Original por FLM)

As famílias sem-teto da Ocupação Ipiranga, 908, serão retiradas amanhã, terça-feira, 28/08, a partir das 6h . Este prédio esteve abandonado por mais de 5 anos. No ínicio de setembro será a vez da Ocupação São João. Ao todo são 217 famílias com cerca de 200 crianças.

Fizemos reunião na tarde desta segunda-feira, 27/08, com representantes da Secretaria Municipal da Habitação, SEHAB/COHAB e a única promessa é fazer cadastramento das famílias e vagas em albergues. Levar as famílias para albergues seria tirar as crianças da escola e seus pais dos empregos, é retroceder na dignidade humana conquistada por estas famílias.  Solicitamos aos menos a providência de um alojamento para abrigar as famílias, impedir que elas fiquem ao relento e protegê-las de todo tipo de violência que estarão expostas na rua, mas a prefeitura apenas prometeu estudar a possibilidade.

Osmar Silva Borges – Coordenador da FLM – telefone: 11 9 83028197

CARTA ABERTA

QUE TRISTEZA

O Judiciário ordena que as forças armadas joguem na rua famílias sem-teto. E os governantes assistindo de camarote a violação dos direitos das crianças, mulheres, idosos e adultos.

São 217 famílias  hoje residentes na Av. Ipiranga, 908,  e Av. São João 588, prédios antes abandonados. Todos esses pais e mães de família já estão trabalhando e têm os filhos na escola, nas imediações.

Serão obrigados pela força a desocupar  propriedade totalmente fora da lei. Não cumprem a função social. Seus pretensos proprietários não exercem o domínio definido pelo Código Civil. Desrespeitam o meio ambiente e mesmo assim, vergonhosamente  o Judiciário e demais autoridades protegem os fora da lei.

Por outro lado, o direito das crianças, dos idosos, mulheres, trabalhadores que constroem essa cidade com o suor de seus rostos está sendo violentamente desrespeitado. Não se observa princípios elementares de nosso Estado Democrático de Direito, como a dignidade da pessoa humana, a proteção da criança, o direito à moradia, conquistas da civilização moderna. E joga-se ao relento as famílias.

Não aceitamos esses desmandos ilegais. Precisamos restabelecer a ordem de respeito às pessoas. Queremos continuar morando onde estamos. Caso contrário vamos nos acomodar no meio da rua.

FRENTE DE LUTA POR MORADIA

Osmar Silva Borges – Coordenador da FLM – telefone: 11 9 83028197

Anúncios

, , , , , , , , , ,

  1. #1 por Leandro de Souza Rodriguês em 28/08/2012 - 14:41

    Isso é um absurdo, um descaso com a constituíção que só vai parar quando o povo se manifestar a favor de seus diretos e dos diretos do próximo. Não podemos adimitir esse tipo de truculência contra os direitos humanos garantidos pela constituição federal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: