Abaixo-assinado Justiça tenta calar e criminalizar advogado da Frente Internacional dos Sem Teto (Fist)

Fonte: Fist
Justiça tenta calar e criminaliza advogado da FISTEm novembro de 2005 o advogado da Frente Internacionalista dos Sem Teto, Dr. André de Paula, foi preso por “desacato à autoridade”, por ter defender os sem-tetos em uma ocupação de um prédio do INSS no Rio de Janeiro. Apesar da pena ter sido prescrita, o advogado pode ter que responder à Justiça.

André de Paula foi intimado, a fim de “comparecer em juízo no dia 13/03/2012, às 14:00h para entrevistar-se com a Equipe de Apoio Técnico, ocasião em que deveria apresentar documentos comprobatórios de suas aptidões profissionais e capacidade financeira, e no dia 12/04/2012, às 13:30h, para a audiência especial com a finalidade de dar início ao cumprimento das penas, na 9 Vara Federal Criminal.”

Entretanto, é preciso assinalar que a punibilidade está extinta, face à ocorrência de prescrição desde agosto de 2011, declarou o advogado Ranieri Mazzilli Neto da OAB – RJ, que defende André de Paula no caso. Como a Justiça não se pronunciou sobre a prescrição até agora, o advogado negou-se a cumprir a formalidade, uma vez que se trata de um Tribunal de Exceção, sendo por isso possível que haja conversão das penas restritivas de direito em pena privativa de liberdade.

O advogado foi preso injustamente e processado por suposto desacato ao delegado da polícia federal, Elias Escobar, por ocasião de despejo de sem-teto do prédio ao lado da Câmara Municipal, hoje ocupado pelo Movimento Nacional de Luta pela Moradia, Ocupação Manoel Congo. No transcurso da condução do advogado até a Polícia Federal, este foi ameaçado de morte e xingado pelos policiais que o conduziram. Cabe salientar que há ainda pendência de julgamento de habeas corpus no STF e que por sua vez, André de Paula processa a União por danos morais e materiais, e abuso de autoridade.

Pela extinção da punibilidade, face à ocorrência da prescrição e inocência do advogado.

Pela punição da União por violação dos direitos humanos.

Em tempo, o Tribunal de Exceção estende seus tentáculos até para a OAB. No dia 03 de abril às 16h a Terceira Turma do Tribunal e Ética de Disciplina da Ordem também irá julgar representação movida contra o advogado, pelo mesmo fato que pela Justiça

Os signatários

Para assinar, acesse:

http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoAssinar.aspx?pi=P2012N22575

Anúncios

, , ,

  1. #1 por MARIA APARECIDA SILVA BARBOSA em 02/04/2012 - 20:02

    não devemos desistir temos que lutar , nos calar e o que eles querem
    para a nossa luta e tudo que eles desejam
    seja forte andre e siga em frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: