Depois de mais de 30 anos em Santa Lúcia, família é despejada sob clima de comoção (ES)

Cristina Moura

A família Freire, no bairro de Santa Lúcia, recebeu uma ordem de despejo com prazo até o último sábado (11). Nesta segunda-feira (13), quando uma das representantes da família iria pedir auxílio a deputados da Comissão Especial Sobre Taxas de Terrenos de Marinha na Assembleia Legislativa (Ales), foi surpreendida com a chegada de dois caminhões, do tipo baú, na porta do terreno. O advogado da família chegou a protocolar um pedido de embargo ao despejo, mas o procedimento jurídico não foi efetuado a tempo.

O local, que parece uma vila, com quatro residências, abriga 10 pessoas da mesma família. Dentre os integrantes, há dois idosos, inclusive uma que sofre com crise de diabetes e não se locomove. Outra integrante sofre com Mal de Parkinson. Desde às 8 horas, a situação foi dramática para os membros da família, que estavam sendo direcionados a um abrigo monitorado pela prefeitura de Vitória. Policiais permaneceram no local para garantir o cumprimento da ordem judicial.

A família mora no local há mais de 30 anos. O terreno é considerado de marinha pela Superintendência de Patrimônio da União (SPU). Os moradores garantem que o local foi tombado à época do governo Vitor Buaiz, como parte da reserva do Tapinambi.

Trata-se de uma área bastante cobiçada por consultores imobiliários. O local está situado próximo ao Prince Apart Hotel, a Faculdade São Camilo, a Igreja Olaria de Deus, a Primeira Companhia de Polícia Militar, além de lojas, restaurantes e escritórios. Na rua paralela, está o Hospital Infantil de Vitória.

A área, de cerca de 1,7 mil metros quadrados, é estimada em quase R$ 3 milhões, incluindo as benfeitorias. Segundo o documento do SPU, o dono seria Antonio Santos Neves Baião. A família, porém, garante que o dono é Astenio da Silva Fraga, falecido há 18 anos e pai dos seis irmãos que residiam no local.

http://www.seculodiario.com.br/exibir_not.asp?id=49932

Anúncios

, , , ,

  1. #1 por sandra em 21/04/2014 - 20:17

    eu sandra sou umas dasvitimas que foi massacrada nesse despejo ate hoje nada foi feito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: